Defesas de TCC e TESE – semana 26 a 30/04/2021

Defesas de TCC e TESE – semana 26 a 30/04/2021
Atualidade

Autor(a):

Postado em: 26 de abril de 2021

Compartilhar

Defesa MESTRADO 

 

Título: HIDRODINÂMICA DE UM SISTEMA DE MANGUEZAIS – COSTA DE SALINÓPOLIS-PA

Candidato: FRANCISCO BRUNO MOREIRA CARMO

 

Orientador(es):

Prof. Marcos Nicolas Gallo (PENO/COPPE/UFRJ)

Profa. Fernanda Minikowski Achete (PENO/COPPE/UFRJ)

 

Banca:

Prof. Marcos Nicolas Gallo DSc. (PENO/COPPE/UFRJ)

Profa. Fernanda Minikowski Achete PhD. (PENO/COPPE/UFRJ)

Profa. Josefa Varela Guerra PhD. (UERJ)

Prof. Alberto Garcia de Figueiredo Junior PhD. (PENO/COPPE/UFRJ)

 

Data/horário: 28/04/2021 – Horário: 13h30min

 

Link para transmissão online: https://meet.google.com/xgv-hyth-gnz

 

Resumo do trabalho:

Manguezais são ecossistemas costeiros úmidos situados na região superior ao estirâncio (normalmente acima do nível médio), em substratos de sedimentos finos e vegetação tolerante ao sal. A fim de entender o papel do mangue na propagação da maré é necessário definir sua distribuição local e avaliar suas respostas às ações hidrodinâmicas. Com este propósito, implementou-se um modelo numérico, em escala local, do sistema estuarino no entorno de Salinópolis-PA, considerando regiões de alagamento e secamento com presença de manguezais. O objetivo principal deste trabalho é avaliar a influência das áreas de manguezais na propagação da onda de maré no escoamento do sistema de canais. Os resultados para a simulação mostraram assimetria positiva de nível com dominância de enchente para as velocidades nos canais, pois o tempo de subida do nível é menor que o de descida e as máximas velocidades de enchente são maiores que as de vazante. No mangue também ocorreu assimetria positiva de nível, porém com dominância de vazante em alguns pontos onde as máximas velocidades de vazante são maiores. Aumentando-se o atrito na área de mangue em outra simulação, representando maior resistência pelo bloqueio da vegetação, mantém-se a assimetria nos canais, porém no mangue a onda de maré ficou mais assimétrica quando comparada à simulação anterior, o que gerou uma mudança de assimetria de velocidade para dominância de enchente. No caso do estuário do Maçarico, nos canais, possui a característica de importar sedimentos, pois a assimetria é positiva com dominância de enchente, e pode ter retenção no mangue devido à mudança de assimetria (para vazante em alguns pontos) o que favoreceria o estabelecimento do manguezal.

Notícias
Relacionadas

Defesas de TCC e TESE – semana 17 a 21/05/2021
Atualidade Defesas de TCC e TESE – semana 17 a 21/05/2021 Leia mais
Defesas de TCC e TESE – semana 03 a 07/05/2021
Atualidade Defesas de TCC e TESE – semana 03 a 07/05/2021 Leia mais